sábado, 15 de maio de 2010







Reprodução de hamsters:

A HORA CERTA:
É a primeira questão. Qual é a idade certa para uma hamster ter seus primeiros filhotes? As hamsters estão biologicamente aptas a procriar logo entre a terceira e a sexta semana.
O número de filhotes está relacionado a fatores como idade e saúde da hamster. E para que eles não sejam apenas muitos, mas também saudáveis, a futura mãe precisa receber uma dieta reforçada.
A dieta em questão pode ser ministrada logo a partir do dia seguinte ao da cópula. Confere ao animal uma série de nutrientes sumamente importantes.
Não se trata de uma dieta substituta. E sim complementar. Você continuará dando o que sempre deu, e mais: a) ovo cozido: nem muito mole, nem muito duro. Metade dele está bom, mesmo assim ela não vai agüentar comer tudo, b) pão molhado ao leite: de preferência só o miolo, com leite morno.

Deixe-a em paz. Não a leve para passear, não brinque com ela, não a incomode.
Não deixe faltar comida. Mas também não dê demais.

A gestação do hamster sírio dura 16 dias, mas pode acontecer de a hamster dar à luz no 17º ou mesmo 18º dia de gestação. Se depois de dezoito dias os filhotes não tiverem nascido, embora a hamster apresente os sinais de gravidez (abdômen e tetas proeminentes), pode ser uma indicação de gravidez "psicológica" ou problemas durante o parto. De modo geral, os filhotes são reabsorvidos (!) sem danos à mãe.
Alguns cuidados devem ser tomados: dois dias antes do esperado para o parto, faça um super limpeza na gaiola. Lave todos os potes de comida, água e acessórios. E retire a rodinha.
Tomados esses pequenos cuidados e feita a limpeza geral na gaiola, dê bastante material para a hamster fazer o ninho. Existe nas lojas de animais um alggodão proprio para hamsters.

Você foi um criador dedicado. Esforçou-se muito para que a hamster ficasse grávida. Seguiu as dicas desse manual, deu a dieta reforçada, fez a limpeza geral, deu-lhe algoodão para fazer o ninho.

Agora finalmente os filhotes estão a chegar! E você espera ansioso pela sua vinda. Fica vigiando a hamster durante o iminente parto. Tenta acompanhar cada minuto, não quer perder nenhum detalhe. Os filhotes estão chegando, lá vêm...

Calma, deixe a pequenina em paz. O nascimento dos filhotes é um momento mais que emocionante e memorável para o criador, mas não vale a pena ficar incomodando. Seria só mais um fator para a hamster se estressar. Façamos uma analogia: se uma mulher sofre para dar à luz o filho, mesmo que seja só um, mesmo que com o auxílio de um tocólogo, imagine a hamster, sozinha, tendo 4, 5, 6, 7, 8 (ou até 17, já houve casos) filhos para vir ao mundo!

Cada filhote nascerá com um intervalo de 10 minutos. Junto de cada um, normalmente vem uma placenta, que a hamster come, por ser absolutamente nutritiva (hum...). É por causa disso, da placenta, que talvez o algoodão fique manchado de sangue. É normal. E talvez a mãe resolva fazer um tour pela gaiola, e tenha um filhote em cada canto. Não se intrometa! A mãe levará todos para o ninho.

Depois de ter posto tudo pra fora, a hamster passa por um processo curioso: leva para o ninho tudo o que tem de comida. Se você encher os potes 8 vezes durante o dia, ela vai levar tudo. Formam-se montanhas de comida, que vão começar a apodrecer. O correto, então, seria só voltar a colocar comida quando o "reservatório" estiver quase a esgotando.

DIETA EXPECIAL:
É necessário dar continuidade à mesma dieta ministrada durante a gestação, para prover à mãe os nutrientes necessários. Aumente também a quantidade de vegetais, para ajudar a produção de leite.

DESENVOLVIMENTO:
Caso o leitor não tenha se dado conta, esse manual toma como base o hamster sírio. Isso não significa absolutamente que não se possa usar esse conteúdo como base para reproduzir outras espécies, mas para não fazer besteira nesses casos, recomenda-se recorrer a outras fontes (veja FONTES CONSULTADAS).
Abaixo segue uma tabela mostrando as etapas do desenvolvimento dos filhotes:

Tempo (aprox.) Desenvolvimento
1 dia Os filhotes nascem cegos, surdos, com a pele transparente e sem pêlos mas com dentes. Pesam 3 gramas
3 dias Antes transparente, a pele começa a pigmentar
6 dias A pele já está toda coberta por pêlos bastante ralos
7 dias Já começam a comer pequenas quantidades (uma lindeza de se ver)
12 dias Os pequeninos começam a passear pela gaiola*
16 dias Eles já estão com os olhos abertos e passeiam livremente pela gaiola
21 dias Eles são independentes e mamam com menor intensidade (embora possam já viver sem o leite materno)
21-28 dias Já podem ser vendidos (que frieza)

(*) Aos 12 dias, os hamsters começam a fazer suas excursões. Mas ainda têm os olhos fechados. Contudo, a mamãe orgulhosa, ciumenta e possessiva não o permite! Faz questão de levar todos os bebês andarilhos de volta ao ninho. Muitas cenas cômicas surgem. Às vezes, os filhotes resolvem se rebelar e vão um para cada lado. A mãe, desesperada, tenta trazê-los de volta. É hilário. Leva um, busca outro, e esse um foge. E aí vai. Até que todos se acalmem e a paz retorne ao lar.
Qualquer discrepância com os dados desta tabela não é motivo para alarme. A não ser grandes variações, como, por exemplos, os filhotes chegarem ao 30º dia sem ter nascido os pêlos. Nesse caso, verifique se eles não estão mortos (desculpem a piada macabra, mas não me contive. Na verdade, ela não faz sentido porque a hamster não deixaria os filhotes apodrecendo. Se eles morrerem, ela os comerá).

CUIDADOS:
Não se pode trocar a serragem (ou "maravalha") até quando os filhotes abram os olhos (uns 15 dias após o nascimento). É bastante óbvio que, a essa altura, os odores exalados não sejam dos mais agradáveis.
Quanto ao resto, o espírito intuitivo do criador já deve estar apurado o suficiente para saber o que fazer.

JÁ POSSO VENDER OS HAMSTERS!
Quando os filhotes completarem 28 dias (mas pode ser até com 21), retire-os da gaiola da mãe, separando-os em duas gaiolas, pelo sexo. Tal medida é necessária, haja vista a possibilidade de uma gravidez prematura (as fêmeas podem engravidar com 3-6 semanas e os machos com 5).
Mas não tente extrapolar as 4 semanas. Depois dessa idade os filhotes estão completamente independentes e a mãe começa a agredi-los.


VENDER A QUEM?
Antes de pensar em começar uma criação, é bom ter em mente que a ninhada poderá ser assaz numerosa. É sempre bom saber de antemão quem estará disposto a comprar os filhotes. Sem planejamento, talvez seja difícil se desfazer (um tanto a contragosto) dos filhotes.

4 comentários:

KissPark disse...

Parabens Seu Blog é Otimo Adoreii
xD
Bjoos

Sarah disse...

Obrigada, tal como o KissPark voçe pode deixar seus comentarios, criticas e opinioes para o melhoramento do blogue
Ass: A equipa do "o mundo dos hamsters"

Anónimo disse...

Sarah....
Seu blog é simplesmente de mais!!!!
Adoro ele...Sempre estou entrando em seu blog para dar uma fuçadiunha...
Milhoes de agradecimentos...SEU BLOG ME AJUDA MTO!!!
Beijoo!!

Anónimo disse...

Olha,eu comprei meu primeiro hamster ontem.Amei,e prometo que vou cuidar direitinho dele,fazendo-lhe o melhor.Quero agradecer a este blog,pois ano passado,eu vivia vidrada nele,para saber tudo sobre hamsters,pois era enorme minha vontade de ter um.Minhas esperanças haviam acabado,mas agora acho que a minha ham vai viver muito tempo,estou até visitando um site que fala desse roedor,se chama pets da je,se quiserem saber(pesquise no google).Estou cuidando muito bem dela,se chama Colly,e fiz uma mistura de ração toda especial,com os nutrientes que eu acredito serem necessários.
Fiquem sabendo que vocês estão tranformando a vida de vários hams,com mais aconchego e segurança,com seus donos mais sábios.