quinta-feira, 1 de julho de 2010


HAMSTERS: CUIDADOS E DICAS


*Ao comprar seu hamster, verifique se sua pele não possui nenhuma ferida, se o pêlo está brilhante e se os olhos estão com um aspecto saudável;

*Se optar por querer mais um hamster em uma mesma gaiola, prefira o hamster anão russo, pois se dão melhor vivendo em colônias. O hamster sírio é territorialista.

*A rodinha é um item essencial para o seu hamster, pois estimula o animal a praticar exercícios. Ao escolher a rodinha, preste atenção no tamanho, pois se a rodinha for muito grande seu hamster pode enroscar a pata e se machucar e se for muito pequena, ele não vai conseguir andar nela direito e com isto o animal ficará desestimulado a praticar exercícios.


*Para forrar a gaiola, prefira a areia de gato ou areia propria para roedores que neutraliza o odor da urina, formando “pequenas bolinhas”, facilitando a limpeza. Adicione também serragem macia, própria para roedores.

*Mesmo com pêlos, hamsters são animais que perdem calor facilmente (por isso suas patinhas são geladas), por isso ofereça a ele algoodão, rolos de papelão ou um pedaço de pano (que não solte fiapos) para seu animalzinho se aquecer. Lembre-se de não dar papel higienico ao seu hamster, pois ele pode se engasgar ou o papel fica a se desfazer no seu estomago;

*Não deixe seu hamster exposto ao sol, pois o calor excessivo pode fazer seu animal ficar desidratado e acabar falecendo. Nos dias mais quentes, deixe seu amiguinho num lugar fresco e com sombra;

*Caso perceba que seu hamster esteja fraco e meio desanimando, há suplementos de vitaminas específicos para roedores que podem ser encontrados em qualquer pet-shop. Mas antes de qualquer coisa, procure um veterinário;

*Os hamsters tem o hábito de se limpar o tempo todo, sendo desnecessário (e extremamente desaconselhável) banhá-los. Para ajudar seu animalzinho em sua higiene, limpe a gaiola duas vezes por semana mas nunca dê banho nele com água. Caso sinta necessidade, passe um pano umedecido de bebê na genitália ou utilize pós específicos para o banho;

*Eles possuem uma espécie de bolsa na bochecha para poder transportar alimento. Na verdade, ele gosta de esconder comida nessa bolsa para levar em um lugar mais tranqüilo de degustar. Mas não é só alimento que ele guarda. Não se assuste se ver ele “comendo” papel ou outro tipo de material, pois na verdade, está armazenando nessa bolsa para poder transportar até o local onde dorme para fazer sua caminha;

*Por instinto, eles dormem boa parte do dia e são bem ativos a noite, mas com o tempo, ele vai entrando na rotina do dono, podendo tornar-se ativo também pela manhã;

4 comentários:

julicrisfer disse...

Sarah, você respondeu à uma pergunta minha no yahoo respostas... Gostei muito do seu blog viu?!
E obrigada pela resposta lá, eu tava achando que quando elas faziam aquele barulhinho era porque estavam sufocando não sei... porque eu olhava e olhava mas nunca via nada, só uma delas gritando... Bom saber que tem pessoas que se importam com esses bichinhos lindos e indefesos!

Agora queria te perguntar mais uma coisa, com quantos dias mais ou menos vou poder pegar nos bebês? Eles tem 14 dias, quando vou poder colocá-las em uma nova gaiola? Elas são tão pequeenas, acho que não conseguem comer sozinhas ainda...

Obrigada desde já e parabens pelo blog! ;*
Beijinho

Sarah disse...

Querida juli:
A nossa equipa fica muito feliz por finalmente ter uma duvida pustada, por isso estamos muio contentes muito obrigada desde ja.
Agora em relação a pegar neles nos aconsselhamos apenas a partir dos 18 ou 20 dias, nunca antes, porque mesmo eles maioreszinhos a mae pode sempre cometer um acto canibalista.
Mas claro que tem de lembrar que para as separar da mae elas têm de ter pelo, olhinhos abertos e o mais importante, comerem sozinhas.
Se eles estiverem a fazer tudo isto, mais dia menos dia chegou a hora de separar.
Bjs e obrigada por ter colucado a sua duvida, se tiver mais alguma ja sabe viu?
Ass: Sarah e a equipa

Fer disse...

oi sarah, tudo bem?
intão, eu vi essa duvida sendo esclarecida aqui, achei q poderia perguntar aqui mesmo!!

*Se optar por querer mais um hamster em uma mesma gaiola, prefira o hamster anão russo, pois se dão melhor vivendo em colônias. O hamster sírio é territorialista.

a pergunta é, mesmo sendo irmãos e estando junto desde quando nasceram, os sirios podem se matar??
Não tenho a noção do tempo q eles tem, o veterinario de roedores nao estava no pet quando eu comprei,eles tem no maximo 2 meses...um deles tinha acabado de abrir o outro olhinho!!!

obrigado, esse blog eh de mais!!

Felipe França disse...

Sarah, por favor, corrija uma inverdade no post - espero que não me leve a mal: "Preferir hamsters anões juntos, pois são melhores para viver em colônias".

- Tanto anões russos como sírios não devem de forma alguma viver nas mesmas gaiolas. Os filhotes ficam com a mãe durante um tempo, pois é extritamente necessário. Depois desse tempo, as chances de ocorrer brigas predominantemente territorialistas eleva-se muito. Prevalece a lei de um hamster por gaiola.

Já tive casos semelhantes. Envolvendo também outros dos roedores que possuo.

Atenciosamente, Felipe França.